Jucese capacitou 70 servidores em Sergipe

Última atualização em: 14 de dezembro de 2020

Treinamento sobre atualizações do Portal Agiliza Sergipe resultará na maior agilidade nos trâmites processuais

Durante o final de novembro e a primeira quinzena de dezembro, a Junta Comercial de Sergipe (Jucese) em parceria com o Sebrae Sergipe, capacitou servidores das Secretarias de Tributos, Vigilância Sanitária e da Secretaria do Meio Ambiente das prefeituras de Capela, Carmópolis, Estância, Nossa Senhora das Dores, Propriá, São Francisco, Telha e Itabaianinha – municípios integrados no sistema Redesim.

O treinamento, ministrado pelo analista de implantação do integrador responsável pelo sistema Agiliza Sergipe, Cristino Ferreira, foi aplicado por dois dias consecutivos em cada cidade e alcançou 70 servidores. Os integrantes das secretarias também receberam informações referentes às atualizações sobre legislação e uma consultoria específica dentro dos processos de cada órgão.

 

Segundo o presidente da Jucese, Marco Antônio Freitas, a autarquia, por ser a coordenadora estadual da Redesim, deve permanecer em constante contato com os representantes das respectivas prefeituras para troca de conhecimentos. “O principal objetivo do Governo do Estado de Sergipe, através da Jucese, é desburocratizar o processo de abertura de empresas para que cada vez mais empresários possam empreender, alavancar os seus negócios e, consequentemente, a economia local”, ressalta o presidente que também destaca a importância de conhecer a realidade de cada município.

Os resultados da capacitação serão refletidos na maior capacidade e agilidade para abertura de empresas. “Com o treinamento, nós atualizamos as informações que serão usadas nos próximos atendimentos, facilitando muito para o empresário, que não precisará mais se deslocar até a prefeitura para ter a sua licença obtida, pois todo o seu processo poderá ser realizado online”, afirma Laís Barbosa, integrante do setor de vigilância sanitária em Estância.

Além da proposta de eficiência e praticidade que o sistema Agiliza Sergipe proporciona, a medida também é sustentável. “A desburocratização adianta os trâmites processuais e também promove a sustentabilidade, reduzindo significativamente o uso de papel no município”, destaca Karani Silva, secretário do Meio Ambiente do município de Itabaianinha.

COMMENTS

Skip to content